Não quero namorar agora

24 out

Por Adrianna Rodrigues Netto Rocha

Eu gosto muito de você! Te acho uma pessoa sensacional, adoro sua companhia e adoro sair com você.
Mas…

Por que sempre deve existir um “mas” nas histórias?

Algumas semanas atrás, me peguei falando a frase do título. Sem que eu percebesse, ao conversar com ele, só me passavam coisas boas na cabeça. De momentos juntos a elogios pessoais. Eis que de repente, pronunciei um “mas”…
E após ele, fez-se um silêncio. Não fui capaz de achar motivos concretos para descrever o final da sentença. Naquele silêncio de cinco ou dez segundos, me senti no leito de morte, pois dizem que, nessa hora, passam todos os pensamentos possíveis pela nossa cabeça. Pensei comigo mesma: Mas o que!?

Mas ele não é o homem certo…?

Mas minha família é uma confusão, como vou apresentar alguém…?

Mas ele não da atenção que mereço…?

Mas ele da tanta atenção que chega a sufocar…?

Mas eu tenho trauma de namoro…?

Mas… Mas… Mas…

Mas eu não quero namorar agora. E apenas isso fui capaz de dizer.

Sempre fui adepta a verdade. Óbvio que já menti na vida, mas mantenho minha filosofia de que é melhor magoar com a verdade do que esconder com a mentira. Utilizei essa frase, achando que era um sinal de fraqueza. Um sinal de medo, de não saber o que viria a seguir. Um sinal de que eu não seria capaz de passar por tudo aquilo que estavam me propondo. Eu só não fui capaz de dizer tudo isso… Infelizmente. E permaneci com uma dúvida na cabeça: Será mesmo uma fraqueza?

E com essa indagação em mente, me deparei com “Eu não quero namorar agora” novamente esse fim de semana. E foi isso que me colocou a pensar sobre o passado recente. E como não fui capaz de descobrir sozinha, pergunto a vocês…

Existe alguma verdade nessa frase?

About these ads

5 Respostas para “Não quero namorar agora”

  1. Re Bergman 24/10/2011 às 13:22 #

    Dri, muito bom o post!
    Tenho duas teorias sobre o assunto, não do seu caso em específico, mas do “não quero namorar”:
    1 Claro, que namorar envolve um monte de coisa boa, mas ainda assim evolve abrir mão de algumas coisas… E pessoalmente, para mim, a mais importante delas é a liberdade, de fazer o que quiser sem ter que pensar em outa pessoa, de escolher o destino do ano novo 1 semana antes, descobrir que naquele fds não quer fazer NADA, e acho que precisa estar pronta para isso.
    2 As pessoas usam esse “não quero namorar” cada dia mais como uma forma de se proteger… Mesmo que sem perceber.

  2. noitedasmeninas 24/10/2011 às 19:19 #

    Oownn
    Que dó meninas que dó!!

    Eu tenho a solução perfeita. Assistam ps. Te amo que vcs vao chorar muito e querer um namorado urgente! Assistam diariamente para um efeito mais duradouro.

    Bjos
    Ca

  3. Dri 25/10/2011 às 0:51 #

    Hahaha Rezinha, suas teorias sao demais! Adorei!!
    Cá, eu AMO esse filme! Nunca tinha parado pra analisa-lo dessa forma. Ja assisti um milhão de vezes, mas agora terei que assistir mais uma pra ver se um namorado seria bem vindo na minha vida! =]

  4. Nat 26/10/2011 às 0:57 #

    Nossa esse filme me deixa DEPRESSIVA…mas mesmo assim eu amo e já perdi as contas de qtas vezes assisti…

    chorei bjos

    • Lorraine 25/10/2012 às 15:07 #

      amei o post! eu tenho dois ex namorados que querem volar, mas eu realmente não quero namorar agora…nao sou de balada nem nd, mas minha liberdade está tão gostosa…por ter namorado quase a adolescencia inteira, estou descobrindo a vida um pouco só, e está me fazendo bem…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: